Mercado

Banco Central enfrenta desafio para fabricar dinheiro na crise do coronavírus

Fonte - Valor Investe
21/08/2020 10:46
159

A forte demanda por dinheiro de famílias e de empresas para atravessar a crise do coronavírus criou um desafio para o Banco Central

A forte demanda por dinheiro de famílias e de empresas para atravessar a crise do coronavírus criou um desafio para o Banco Central: como fabricar cédulas e moedas e distribuí-las a tempo em todos as regiões do Brasil. A Casa da Moeda trabalha à plena capacidade, com horas extras de seus funcionários, e fabricantes internacionais de numerário são incapazes de atender a encomendas com a velocidade necessária neste momento.

Fundos multimercados estão mais arriscados

A solução foi criar uma nova cédula, de R$ 200,00, que vem despertando críticas por receios com a lavagem de dinheiro, a volta da CPMF e a aceleração da inflação. “Não tem a ver com nada disso”, afirma a diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros. “O BC não pode brincar, não pode deixar faltar dinheiro de jeito nenhum.”

O sinal de alerta ocorreu em abril, quando o crescimento do meio circulante se acelerou para 13,8% em 12 meses, mais do que o dobro da velocidade habitual de expansão, de 6%. “Consultamos informalmente as casas impressoras de outros países”, diz Carolina. “De forma geral, estavam com a sua capacidade de produção comprometida.”

Foto: GettyImages

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar