Mercado

Varejo faz gestão da entrega de produtos e muda setor de logística

Fonte - Valor Investe
31/08/2020 11:42
231

Mercado Livre, B2W, Magazine Luiza e Via Varejo ampliam serviços na área

Em crescimento acelerado, o varejo on-line vem provocando um rearranjo do setor de logística. Empresas como Mercado Livre, Magazine Luiza, B2W e Via Varejo, abraçam cada vez mais a gestão da entrega de produtos, conforme avançam as vendas feitas por terceiros em seus shopping centers na internet, os chamados “marketplaces”. A ideia é garantir que o cliente fique satisfeito, e volte a comprar, e consolidar uma fonte extra de receita.

No segundo trimestre, 96% das vendas totais do Mercado Livre no Brasil passaram pelo Mercado Envios, seu braço de logística. Dessa fatia, 51% foi feita pela Melinet, como é chamada a estrutura de serviços logísticos com operação própria, que oferece coleta e entrega de mercadorias, armazenagem e entrega, e entrega expressa. E esse índice deverá ser maior no terceiro trimestre, de acordo com Leandro Bassoi, vice-presidente do Mercado Envios para a América Latina. “Nós acreditamos que dominar a logística é um dos grandes fatores que farão os clientes terem cada vez mais uma  experiência melhor e, por consequência, mudarem seus hábitos de compra do mundo off-line para o on-line.”

Dos R$ 4 bilhões de investimentos previstos para o ano, parte expressiva vai para a divisão logística. Na semana passada, o Mercado Livre começou a operar seu terceiro centro de distribuição (CD), em Lauro de Freitas, na Bahia. Outro, na região Sul, deve ser inaugurado ainda este ano.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar