Institucional

Registro de fechamento de MEI cai no Brasil

Fonte - Paula França - Imprensa Acieg
12/11/2020 12:45
147

Levantamento do Sebrae aponta dados sobre fechamento e abertura de empresas durante a pandemia do coronavírus

Apesar da crise econômica imposta pela pandemia do coronavírus, o número de registros de fechamento de micro e pequenas empresas, basicamente em todos os estados e no Distrito Federal, estabilizou, quando comparado com os números dos anos de 2018 e 2019. O único estado que apresentou exceção foi o Maranhão, apresentando alta nesse índice.

Os dados constam de análise do Sebrae, com base em informações da Receita Federal. O levantamento apresenta recorte de aberturas e encerramentos de MEI e micro e pequenas empresas (MPE) em todas as unidades da federação.

Conforme o terceiro-tesoureiro da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), Rondinely da Silva, nos períodos iniciais da pandemia que acometeram diretamente a saúde dos negócios, as micro e pequenas empresas sofreram muito. 

Segundo ele, alguns segmentos colhem até hoje as sequelas dessa crise mundial, o que gerou números grandiosos de demissões. “Esse cenário é consequente em função da demora de ajuda financeira por parte do Governo Federal e também pela aplicação, em algumas localidades, de decretos Municipais e Estaduais que prejudicaram substancialmente a circulação e giro nos mercados locais”, explica.

Ele cita também que é possível observar claramente a força com que os micros e pequenos empresários conseguem se reinventar e se reerguer, mesmo após tantos meses de sofrimento. “Nos meses de julho a setembro os MEI conseguiram gerar 81% a mais de empregos do que as grandes empresas. Esse movimento crescente e rápido só é possível porque nas micro e pequenas empresas as decisões são menos burocráticas e o resultado da operação se confunde muito com a própria manutenção de sobrevivência de seu sócio ou dono”, ressalta.

Abertura

O registro de abertura de MEI e MPE abertas apresentam sinais de recuperação em formato de V em quase todo o País. De acordo com o Sebrae, no mês janeiro de 2020, todos os estados brasileiros apresentaram quantidades de MEI abertos superiores aos mesmos períodos de 2018 e de 2019. Esse movimento também foi observado no mês de julho, quando a categoria mostrou crescimento e sinais de recuperação pós-pandemia. 

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar