Empreendedorismo

Campinas chega aos 208 anos e recupera atratividade para moradias

Fonte - Comunicação Sem Fronteiras
05/07/18 15:32
106

A desaceleração nos últimos anos do intenso comércio na região abre espaço para a localidade que serviu de berço para Goiânia volte a ser atrativa para morar.

Com uma história que ultrapassa os limites da própria cidade onde está inserida, o Bairro de Campinas completa em julho 208 anos. Ela, que chegou a ser um município, no ano de 1914, mas acabou sendo incluída na planta urbana da nova capital de Goiás, começa a ser alvo de grandes empreendimentos residenciais.

Grande parte dessa mudança se deve a um novo perfil urbano que está se desenhando no bairro, com a chegada de equipamentos modernos, como um shopping, e a desaceleração do intenso comércio que a região abrigou nos anos de 1970 e 1980.

Lançado neste mês de junho, o Cerrado Family Home, empreendimento da construtora Tapajós Engenharia, é um bom exemplo dessa mudança na região de Campinas - que engloba bairros vizinhos como a Fama e o Aeroviário. O residencial,  localizado na Avenida 24 de Outubro com a Rua 610 e a 100 metros do Shopping Cerrado, teve mais de 70% de suas unidades comercializadas só no fim de semana do lançamento.

O arquiteto e urbanista Paulo Renato Alves confirma essa atratividade da região para empreendimentos residenciais. Ele explica que, com o surgimento da nova capital, Campinas fortaleceu muito seu viés comercial, até para atender às diversas demandas da nova cidade que surgia. Ao longo de sua história, o bairro passou a ter um foco muito grande no comércio e isso acabou expulsando muita gente de morar na região, embora ali tenha permanecido um público fiel.

Nos últimos anos, porém, explica o especialista, outros fatores estão fomentando um novo cenário, contribuindo com a revitalização das moradias. “O desenvolvimento de outro forte polo comercial de Goiânia, a Região da 44, gerou uma desaceleração da tradição do comércio em Campinas, o que acabou abrindo espaço para os empreendimentos residenciais”, conta.

Outro fator, elenca Paulo Renato, que tornou a região de Campinas mais convidativa para morar foi a inauguração do Shopping Cerrado, em 2016, na contramão do comércio tradicional do bairro com as lojas de rua, camelódromos e atacadistas. “Ele oferece um comércio mais moderno, com conforto, comodidade, ou seja, traz uma modernização para essa região”, pontua Paulo Renato.

Para o especialista do mercado imobiliário, Murilo Andrade, CEO da Adão Imóveis e Adão Vida Nova, sempre que um shopping é construído ele tende a mudar a cara da região. “A mudança da região do Jardim Goiás com a construção do Shopping Flamboyant, a mudança da região do Buriti Shopping, entre vários outros exemplos dentro e fora de Goiânia são a prova do efeito shopping. Um Shopping agrega muito valor a qualquer região e motiva o comprador a adquirir um imóvel na sua proximidade”, explica  Murilo.

Por que Campinas?
De acordo com o diretor de marketing da Tapajós Engenharia, Flávio Pessoa, a empresa, que está chegando aos 30 anos de história, tem apostado em identificar localizações que não estão em ascensão, mas que têm muitas potencialidades, e então trazer modernização com seus empreendimentos. “Identificamos que a região concentrava moradores que gostam muito do bairro onde moram e não querem sair para outro lugar. Mas percebemos que faltava uma opção de moradia mais moderna para a região, com mais segurança, dentro dos atuais padrões de comodidade e conforto com que já se pode contar nos novos empreendimentos. Então esse nosso projeto visou atender muito a esse próprio público da Campinas que não quer sair da região”, explica o executivo da Tapajós.

De acordo com diretor da Tapajós, o residencial localizado num dos  pontos mais conhecidos de Campinas, a Av. 24 de Outubro, é um empreendimento que teve um grande investimento na área de lazer, que segundo ele, é bem completa com: salão de festas, piscinas adulto e infantil, brinquedoteca, mini-quadra, espaço gourmet com churrasqueira, academia, e tudo entregue devidamente mobiliado e decorado.

O projeto conta, por exemplo, com estrutura de port cochere, um item que facilita o tráfego na região. Os apartamentos contarão com uma varanda ampla, que terá ainda uma bancada e um ponto seco para instalação de churrasqueira elétrica. “O Cerrado Family Home terá uma qualidade de acabamento e itens de lazer que são mais comuns em residenciais de áreas como o Setor Bueno e Marista. Aliás, essa é uma política que sempre foi adotada pela Tapajós, que independente de onde é o empreendimento, sempre levamos um acabamento de alto padrão”, explica.

Flávio Pessoa afirma que além do próprio campineiro, que passa a ter uma opção mais moderna de moradia no bairro de Campinas, esse lançamento é também voltado para outros perfis de público como: recém-casados, empresários da região, famílias do interior que precisam de um imóvel de apoio na capital, seja para o filho estudar, ou por questões de saúde. “Em nossa pesquisa de mercado identificamos até mesmo empresas que tinham interesse em locação temporária para hospedar funcionários e executivos na região”, acrescenta.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar