Indicadores

Confecções lideram abertura de empresas em Goiás neste ano

Fonte - TI/Juceg
19/12/18 15:52
106

Ramo comercial liderou a lista dos 10 segmentos com maiores investimentos em 2018

Empresas ligadas ao setor de vestuário e acessórios registraram o maior saldo de abertura de novas firmas em Goiás neste ano. O ramo comercial liderou a lista dos 10 segmentos com maiores investimentos em 2018, com 2.412 novos empreendimentos registrados. O destaque ficou com as confecções, que respondem por 45% dos novos registros do segmento.

Os dados fazem parte de levantamento realizado pela Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), com base nas empresas formais registradas de 1° de janeiro a 18 de dezembro (veja quadro abaixo). Na segunda colocação estão construtoras de edifícios (2.041), com destaque para pequenas construtoras; em seguida aparacem firmas dos setor de comércio varejistas de bebidas (1.944), com destaque para as distribuidoras.

“As três primeiras colocações dos setores que mais registraram abertura de empresas revelam um reaquecimento da economia. O número de empresas abertas no período também mostra que a Junta Comercial cumpre seu papel com excelência, dando aos empreendedores segurança jurídica e celeridade necessária para o desenvolvimento dos seus negócios”, avalia o presidente da Juceg, Leonardo Fortini.

A Junta Comercial é responsável pelo registro de atos empresariais de constituições, alterações e extinção, sob a forma de Empreendedores Individuais (EI), Eirelis, Ltda, S/As.

Os 10 setores econômicos que mais abriram empresas em 2018

- Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (destaque: confecções): 2.412

- Construção de edifícios (destaque: construtoras de pequeno porte): 2.041

- Comércio varejista de bebidas (destaque: distribuidoras): 1.944

- Lanchonetes (destaque: hamburguerias): 1.804

- Comércio varejista, com predominância de produtos alimentícios - minimercados, mercearias e armazéns (destaque: mercearias):    1.737

- Serviços combinados de escritório e apoio administrativo (destaque lojas de móveis e eletrodomésticos): 1.694

- Comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal (destaques: barbearias e salões): 1.392

- Restaurantes e similares (restaurantes por quilo): .365

- Transporte rodoviário de carga (destaque frete): 1.338

- Instalação e manutenção elétrica (destaque eletricistas e conserto de equipamentos eletroeletrônicos): 1.228

Abertura de empresa em Goiás (saldo geral)

2015:  18.688

2016:  17.909

2017:  20.018

2018*:  19.273

*Até novembro

Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás

O pilar de atuação da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg) é a defesa incondicional do empresariado e dos princípios de organização e união para vencer os novos desafios em um mundo globalizado e competitivo. A história empresarial de Goiás é a própria história de lutas e conquistas da Acieg, iniciada em 1937. Com uma trajetória gloriosa, a Entidade está voltada para o presente e o futuro do nosso Estado.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar