Economia

Os principais pontos de atenção para implantação do eSocial

Fonte - Fernando Ferreira e Fábio Almeida
16/01/19 16:01
593

Seguindo alguns passos básicos e práticos, é possível realizar a implementação do eSocial na sua empresa sem maiores dores de cabeça e o melhor, de maneira simples, clara e objetiva

A cada dia que passa o eSocial vem se fazendo de maneira mais presente na rotina dos empresários, profissionais das áreas de recursos humanos e do departamento pessoal.

O que temos observado é que a maioria das empresas no Brasil não deram início ao processo de implantação de rotinas e processos que possam atender as exigências desta nova obrigação. A principal justificativa que encontramos para que este projeto não seja iniciado nas empresas é a dificuldade para entender o que é preciso para que a implementação do eSocial seja um sucesso. Como começar? O que fazer? Quais informações serão necessárias? Essas são algumas das perguntas mais vistas e ouvidas pelos profissionais das áreas envolvidas neste projeto.

No entanto, seguindo alguns passos básicos e práticos, é possível realizar a implementação do eSocial na sua empresa sem maiores dores de cabeça e o melhor, de maneira simples, clara e objetiva. Diante desta corrida contra o tempo, preparamos abaixo os principais pontos de atenção que devem ser observados para garantir que o eSocial seja um sucesso:

Em primeiro lugar, devemos observar se todos os cadastros da empresa e empregados estão corretos, uma vez que o envio de informações incorretas para o ambiente do eSocial acabará gerando retrabalho. Portanto, promover o saneamento das informações cadastrais é, sem dúvidas, o ponto mais importante de todo o processo de implementação. Todas as informações devem ser analisadas: documentação de colaboradores, cadastro da empresa, cadastro de rubricas, cadastro de parametrizações, dentre outros.

Em seguida, será necessário verificar se as práticas utilizadas atualmente pela sua empresa estão de acordo com as normas trabalhistas e previdenciárias, se fazendo necessário então, a realização de uma revisão trabalhista completa, tendo como objetivo verificar a tabela de incidências, e principalmente se os cálculos estão sendo realizados de maneira correta e confiável.

Logo, se torna necessário também a realização de uma análise dos processos das áreas de RH, financeiro, contabilidade e até mesmo da TI. Levando em consideração que as rotinas destes departamentos sofreram mudanças, por que não reestruturar os processos? Neste momento você conseguirá observar que obrigatoriedade do eSocial acabará por reduzir procedimentos realizados de maneira manual e com alto nível de complexidade, otimizando assim a eficiência da equipe.

Por fim, é necessário possuir um sistema de gestão que atenda as especificidades do eSocial. É importante verificar a aderência do seu software com as informações exigidas, se necessário busque novas soluções. Este será o momento ideal para abandonar as famosas planilhas do Excel!

Uma última dica, é proceder com a elaboração de um plano de ação com metas, prazos e responsáveis pela execução de cada tarefa. Afinal, se você não souber por onde está caminhando, dificilmente chegará ao seu destino.

Autores: Fernando Ferreira | Assessoria Alianzo e Prof. Dr. Fábio Almeida | Sócio Alianzo

Saiba mais sobre esse assunto no workshop eSocial e atualidades trabalhistas da Acieg, no dia 20 de fevereiro de 2019.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar