Institucional

Cristiane Schmidt debate DIFAL, e-commerce, incentivos e RRF na Acieg

Fonte - Paula França- Imprensa Acieg
11/07/19 16:47
133

Nos próximos 15 dias a Acieg, juntamente com o FEE, apresentará um estudo sobre DIFAL

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg) recebeu hoje (11), a secretária da Economia, Cristiane Schmidt, para atender aos associados e discutir sobre diversos temas dentre eles os incentivos fiscais, recuperação fiscal, DIFAL, e-commerce entre outras demandas dos empresários.

Durante o debate, o presidente da Acieg, Rubens Fileti, informou sobre o grande assédio de outros Estados diante aos empresários de Goiás, devido a esse momento de dificuldade. Cristiane Schmidt foi questionada sobre Goiás tentar entrar no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Para ela, esse é um debate que será feito com muita prudência e que nesse momento não há muita coisa para ser declarada, pois é um momento de estudo e introspecção.

A secretária da Economia também comentou sobre a realidade financeira e as contas públicas do Estado. “O governo está com toda sua receita sendo drenada para gastos obrigatórios. É preciso rever este quadro de dificuldade e realizar ajustes necessários para o Estado consertar”, pontuou Schmidt.

E-commerce

Outro tema abordado durante o evento foi sobre e-commerce. Rubens Fileti pontuou sobre o fato de o comércio eletrônico passar em "território goiano" e não gerar receita tributária. “Esse é um item que nos preocupa, o Estado de Goiás não recebe nenhuma contribuição deste tipo de comércio”, afirmou. Segundo o subsecretário da Receita Estadual, Aubirlan Borges, essa é a primeira vez que o tema e-commerce (específico) é discutido em uma reunião e isso é muito importante e necessário.

Diferencial de Alíquota

Para o subsecretário discutir sobre DIFAL é muito interessante e precisa ser analisado. Aubirlan explicou que o “DIFAL não existe para encarecer os produtos, ele existe para criar uma regra de igualdade e competição. Sem a cobrança do DIFAL, as empresas goianas industriais e atacadistas estavam tendo uma dificuldade em concorrer com os demais Estados, principalmente o de São Paulo”. A Acieg está elaborando um estudo sobre DIFAL que deve ser apresentado nos próximos 15 dias,  juntamente com o Forúm das Entidades Empresáriais (FEE). 

Estiveram presentes no debate, além de Rubens Fileti, Cristiane Schmidt, Aubirlan Borges, vários empresários goianos, diretores da entidade e advogados.

Créditos - Foto: Denis Marlon

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar