Institucional

SMT apresenta projeto com 11 mil vagas de Área Azul durante Audiência Pública na Acieg

Fonte - Paula França - Imprensa Acieg
23/07/19 14:25
156

A Área Azul passará a custar R$ 2,50 a R$ 2,80 uma hora, enquanto duas horas será R$ 4,00. A SMT justifica que a tarifa não tem alteração desde o ano de 2014

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg) recebeu na manhã de hoje (23), o secretário da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), Fernando Santana, para uma Audiência Pública sobre Estacionamento Rotativo Área Azul de Goiânia .

A diretora adjunta da Acieg, Geórgia Borba, reforçou que a associação apoia o projeto.“Essa estratégia facilitará para todos os cidadãos, principalmente para os empresários das regiões de Campinas e do Centro. É importante utilizar a tecnologia para a realização da Área azul”, afirmou. 

Durante a sessão, Fernando Santana, declarou que o encontro teve como objetivo  apresentar o projeto da SMT e enriquecer o trabalho por meio do diálogo com a população.“ O sistema  vai trazer resultado positivo para Goiânia, pois a tecnologia já é utilizada em outros países. É preciso buscar soluções para os problemas da cidade”, pontuou o secretário.

Na oportunidade, foi apresentado o aplicativo que estará disponível para todos os usuários do Estacionamento Rotativo. Na versão será possível cadastrar e registrar veículos,comprar créditos  e cadastrar estacionamento. O objetivo do aplicativo é conseguir atender as necessidades operacionais e nas fiscalizações da SMT.

 Mudanças

Atualmente, de acordo com o secretário da SMT,  existem em Goiânia 3.700 vagas de Área Azul, distribuídas nos bairros de Campinas e no Centro. O novo modelo apresentado prevê 11 mil vagas.

De acordo com dados apresentados, o valor da Área Azul na capital não sofre alteração desde o ano de 2014.  Atualmente o valor cobrado é R$ 1,50 para uma hora e R$ 2,50 para duas. No projeto atual a tarifa custará na primeira hora de R$ 2.50 a R$ 2.80 e na segunda hora  R$4,00. Para alteração, a SMT afirma que foi realizado um estudo dos preços cobrados em todos Estacionamentos Rotativos do Brasil. 

Durante a reunião, estiveram presentes, além de Fernando Santana e Georgia Borba, o vereador Anselmo Pereira, empresários goianos e representantes da Fecomércio e Codese.

Créditos - Fotos: Luiza Cecilio e Paula França 

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar