Mercado

Após ata, BofA reduz de 2% para 1,75% projeção de Selic no final de 2020

Fonte - Valor Investe
11/08/2020 14:58
177

Segundo economistas, a autoridade monetária quer mais tempo para monitorar os riscos fiscais e, por isso, sinalizou cortes espaçados

Os esclarecimentos trazidos pela ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), realizada na semana passada, levou o Bank of America a revisar sua projeção para a Selic no fim do ano. O banco agora espera um corte adicional de 0,25 ponto até o fim do ano, provavelmente em outubro.

Na visão dos economistas David Beker e Ana Madeira, o documento trouxe um tom mais 'dove' (favorável a estímulos) que o visto no comunicado da semana passada.

"O BC está preocupado com a inflação abaixo da meta e também com o risco de que a retomada da economia fique abaixo da esperada", dizem os analistas. "Sobre a assimetria de riscos, o BC esclareceu que eles são oriundos da questão fiscal. Apesar disso, a inflação esperada ainda está abaixo da meta no horizonte relevante para a política monetária."

Assim, continuam, a autoridade monetária quer mais tempo para monitorar os riscos fiscais e, por isso, sinalizou cortes espaçados. "Diante desse cenário, esperamos um corte de 0,25 em outubro. Reduções adicionais dependerão do debate a respeito do teto de gastos, que está esquentando."

Foto: GettyImages

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar