Economia

Lucro das empresas de capital aberto cresce 9,4% em 2016

Fonte - G1 Economia
30/03/17 12:16
347

Setor de bancos segue como o mais lucrativo, mas ganhos caem 13% na comparação com 2016, aponta Economatica; veja lista de maiores lucros

O lucro líquido das empresas de capital aberto brasileiras cresceu 9,4% em 2016, na comparação com 2015, segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica.

As 295 empresas brasileiras de capital aberto analisadas no levantamento registram R$ 98 bilhões de lucro no ano de 2016, ante ganhos de R$ 89,6 bilhões em 2015.

O setor que registra o maior lucro no ano passado foi o de bancos. As 23 instituições com capital aberto tiveram um lucro de R$ 48,5 bilhões no ano de 2016 contra R$ 56,0 bilhões en 2015, o que representa uma queda 13,3%.

O setor com maior queda de lucratividade foi de construção, que com 18 empresas registrou prejuízo de R$ 7,8 bilhões no ano de 2016 ante prejuízo de R$ 1,7 bilhões em 2015. O resulato foi pesadamente afetado pelo resultado da PDG que registrou prejuízo de R$ 5,3 bilhões em 2016.

Dos 26 setores monitorados pela Economatica, onze setores registram queda de lucratividade entre 2016 e 2015. Seis setores registram prejuízo em 2016 ante 7 setores com prejuízo em 2015.

Maiores lucros e prejuízos

O Itaú Unibanco e Bradesco encabeçam a lista das empresas mais lucrativas em 2016, porém com queda nos seus resultados em relação ao ano de 2015. O Itaú registrou ganhos de R$ 21,6 bilhões, com recuo de 7% frente a 2015 (R$ 23,3 bilhões). Já o Bradesco lucrou R$ 15,084 bilhões no ano passado (queda de 17,5%).

Na outra ponta, a Petrobras liderou prejuízos no ano passado, com perda acumulada de R$ 14,8 bilhões em 2016. Na sequência, aparecem Oi (prejuízo de R$ 6,9 bilhões) e PDG (prejuízo de R$ 5,3 bilhões).

  •  

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar