Mercado

Depois dos EUA, franquia goiana chega à Europa e África

Fonte - Assessoria de Comunicação
04/04/17 17:32
258

A Fast Açaí, rede especializada em alimentação saudável, inicia novo processo de internacionalização e até o final do ano deve inaugurar seis unidades em Portugal e três na África do Sul

Após estrear no mercado internacional com a abertura de uma loja em Orlando, nos Estados Unidos, a Fast Açaí, rede de franquias especializada em alimentação saudável, se prepara agora para conquistar novos mercados fora do Brasil.

A marca já está em negociações finais para a inauguração de seis lojas em Portugal, que seriam as primeiras da Fast no continente europeu. Outro mercado na qual a empresa pretende entrar ainda este ano, com a inauguração de três lojas, é o da África do Sul.

Segundo gerente de operações internacionais da Fast Açaí, Odilon Moura, as novas unidades fora do País devem ser inauguradas até o final deste ano. O executivo viajou esta semana para o continente africano onde deve ficar até o próximo dia 5 de abril. O intuito é alavancar novas oportunidades de negócio. “Aqui na África temos a intenção de apresentar o nosso produto para a população, mostrar as propriedades do açaí e comprovar que esta é uma super fruta. Vamos começar do zero, mas estamos bastante otimista com os estudos feitos previamente”, explica.

“Já em Portugal as transações de abertura das unidades já estão avançadas. Ficamos lisonjeados com essa oportunidade, afinal a ideia partiu de investidores portugueses, que vieram passar férias no Brasil, provaram o nosso produtor e quiseram levar a marca para a Europa”, conta Odilon. Segundo o gerente, a intenção é que as seis unidades portuguesas sejam inauguradas até o fim de 2017.

Odilon conta que Portugal é um país que já tem a tradição do consumo do açaí, bem como de polpa de frutas, o que segundo ele, possibilitará uma fácil aceitação do produto da Fast junto à população lusitana. “Segundo um estudo a qual tivemos acesso, 83% da população portuguesa acredita que o alimento pode sim trazer benefícios ao corpo, o que casa com a cultura do nosso açaí. É um país onde há também muitos jovens, que são os maiores consumidores”, revela o executivo da Fast.


Apoio

Todos os projetos de expansão internacional da marca têm o apoio do Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), do Governo Federal, criado em 2009 para incrementar a competitividade e promover exportação das empresas de micro, pequeno e médio porte. É também uma forma de , qualificar e ampliar os mercados das indústrias. Este programa foi eleito pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o melhor projeto de apoio às empresas do mundo.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar