Tecnologia

Sistema antifurto deve bloquear aparelhos celulares roubados

Fonte - Jornal O Hoje
26/05/17 14:26
292

Iniciativa do Governo Estadual permite que aparelhos sejam bloqueados depois de roubados

O Governo Estadual lançou, ontem (25), em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) o Block Call. Trata-se de sistema que bloqueia celulares roubados ou furtados, travando-os no momento em que a ocorrência é relatada.

“Agora finalmente conseguirei recuperar meu celular, caso seja assaltado”, diz o frentista de posto Washington Henrique, 20, que recentemente teve seu celular roubado por 2 homens que lhe abordaram numa moto, quando saia para trabalhar, às 5h. O sistema já está em funcionamento.

Washington se diz cansado de trabalhar, comprar celular e ser assaltado. Ele, porém, mostrou-se entusiasmo quando soube da iniciativa da Secretaria de Segurança Pública (SSP). “Ficarei mais tranquilo, sossegado. É duro ter de trabalhar e não conseguir recuperar meus aparelhos celulares”, frisa. Atualmente, ele tem celular, mas possui receio de andar pela rua depois do trabalho. “Dá medo, né?. A gente não fica seguro em sair de casa”, afirma ele à reportagem do O Hoje.

Júlia Aguiar, 20, estudante de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), relata que foi assaltada no carnaval deste ano, quando dois homens a renderam junto com uma amiga, em frente ao Evoé Café com Livros, no Setor Sul. “Fui roubada várias vezes em Goiânia, e eles levaram tudo o que eu e minha amiga tínhamos”, diz, surpreendendo-se quando soube que há possibilidade de o aparelho ser bloqueado após registrar ocorrência. “O problema é que nem todo mundo tem acesso a esse tipo de serviço no momento do assalto”, finaliza.

Infelizmente, Washington e Júlia integram as 1404 vítimas que registraram ocorrência de roubo de celulares nos últimos 4 meses, na região metropolitana de Goiânia. Mas Renata Cheim, delegada e gestora do projeto Block Call, explica que a ferramenta trata-se de uma parceira com a Anatel, cujo propósito é, por meio de um chip, travar o celular que foi roubado. “Eles criaram um banco de dados em todos os estados e, a partir daí, o aparelho é bloqueado e não será possível inserir nenhum chip”, explica a delegada Renata Cheim, gestora do projeto.

As vítimas de furtos e roubos devem ligar para 190, da PM, ou dirigir-se a uma delegacia da Polícia Civil com documento que comprove a propriedade do aparelho, que vai ser bloqueado e não vai ter utilidade para criminosos.

Melhoria

O coronel da Polícia Militar, Edson Costa, afirma que a medida contribuirá para melhorar a segurança da população. “Com esta medida, teremos um reflexo positivo e imediato em relação à queda nos índices de criminalidade”, declara. Edson finaliza dizendo que “os criminosos terão prejuízos, o que fatalmente irá diminuir estas ações criminosas”, completa.

No ano passado, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciaria (SSPA) contabilizou 16.285 celulares roubados em todo o Estado. O número é alarmante ao compará-lo com 2015, quando houve 13.542 roubos.

Outras Cidades

Anápolis, que fica a 59 quilômetros de Goiânia, foi a cidade do interior com maior número de casos. Em 2015, por exemplo, foram registrados 804 celulares roubados no município. Até novembro do ano passado, este número saltou para 2.032 casos, registrando um aumento de 152,7%.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar