Tecnologia

Consumidores aderem à tecnologia para economizar tempo e dinheiro

Fonte - Assessoria de Imprensa
29/05/17 15:58
325

Em Goiânia e região metropolitana, o iPharma possibilita pesquisas de preços e compras de produtos vendidos em farmácias e drogarias

Lançado em outubro de 2016, o aplicativo já conta com 15 mil downloads e uma média de mil buscas por dia. O serviço ganhou website no último dia 13.

Em meio à recessão econômica, em que a inflação, o índice de desemprego e as taxas de juros crescem, e o poder de compra cai continuamente, a palavra de ordem não poderia ser outra: economizar. Para isso, o consumidor deve redobrar a atenção durante suas compras e investir em pesquisas e comparações de preços antes de adquirir um produto ou contratar um serviço. 

A regra vale, principalmente, na hora de comprar remédios, itens que, em Goiânia, apresentam variação de preço de até 103% quando se trata de medicamentos de referência e de até 972% entre medicamentos genéricos, conforme pesquisa realizada pela Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (PROCON Goiás) em abril deste ano.

Tecnologia a favor

A boa notícia é que, desde outubro de 2016, os goianos contam com um aliado neste processo: o iPharma. Intitulado como delivery de farmácias e drogarias, o aplicativo está disponível gratuitamente para as plataformas Android e iOS com o objetivo de proporcionar economia de tempo e dinheiro em pesquisas de preços e compras de medicamentos, itens de perfumaria, de higiene pessoal e produtos afins comercializados nesse tipo de estabelecimento.

O idealizador da plataforma, Maycon Ferreira, explica que o conceito da iPharma é facilitar a busca pelo melhor preço e a compra de produtos em drogarias próximas em um único lugar. "É um processo muito prático que traz economia e conveniência para o cliente, além de atuar como força de vendas para as drogarias parceiras”, afirma o empreendedor.

No dia 13 de maio o serviço também ganhou um website. Segundo Maycon, a página na internet é uma tendência dos grandes marketplaces, que possuem diversos canais para conclusão da atividade proposta. “Muitos clientes gostam de ter uma experiência básica antes de instalação do aplicativo. Caso sintam-se interessados pela proposta de valor e desejem ter uma melhor usabilidade, o aplicativo se torna uma ótima opção”,  justifica.

O serviço

Tanto o aplicativo, quanto o website, funcionam da mesma maneira: por meio de uma interface amigável e de fácil navegação, o usuário digita o nome do produto desejado e a plataforma lista os estabelecimentos mais próximos ou com melhores preços, com base em sua geolocalização. A entrega do pedido fica por conta da farmácia ou drogaria escolhida na efetivação do pedido.

No caso de medicamentos psicotrópicos, a comercialização é efetivada apenas mediante apresentação e retenção da receita médica, conforme determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O sistema permite, ainda, buscas por código de barras.

Maycon conta que diversas melhorias de usabilidade foram implementadas nos últimos meses. “Além da liberação da escolha do pagamento na entrega do produto, disponibilizamos também o pagamento em dinheiro e por meio de cartões de débito e crédito”, revela.

Em sete meses de funcionamento, o aplicativo já contabiliza mais de 15 mil downloads, uma média de mil buscas por dia e mais de 60 mil produtos cadastrados. 

Atualmente, o serviço está disponível em Goiânia e região metropolitana, mas a intenção é expandi-lo para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo já nos próximos meses.

Estabelecimentos

Atualmente, mais de 100 drogarias e farmácias da capital e região metropolitana utilizam o iPharma. Do total, 90% oferecem entrega gratuita para pedidos efetivados pela plataforma e apenas alguns estabelecimentos estipulam valor mínimo para a compra, por razões internas. Maycon revela que seu departamento comercial já está em negociação com grandes redes para ampliar esse número. 

Para aderir à plataforma, os estabelecimentos interessados devem acessar o site www.ipharma.mobi e preencher uma ficha de cadastro. Além de possuir todos os alvarás de funcionamento, os lojistas precisam seguir todas as normas vigentes pelos órgãos regulamentadores. A adesão é feita mediante uma taxa mensal e uma comissão sobre as vendas.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar