Estilo de Vida

Semana da imunização: informe-se sobre gripe, HPV e outras doenças vacináveis

Fonte - Assessoria de Comunicação
08/06/17 17:39
196

Ocasião é lembrada para conscientizar a população sobre a importância de manter todas as vacinações em dia. Médica tira dúvidas sobre imunização da gripe e HPV e vacinação para recém-nascidos

Na Semana da imunização, datado especificamente no dia 9 de junho, é importante lembrar o porquê dos benefícios que as vacinas podem trazer para a saúde. De acordo com o Ministério da saúde, as vacinas impedem que certas patologias se espalhem em larga escala e, em alguns casos, as erradicam de vez - como aconteceu com a varíola.

E, com a baixa adesão das vacinações contra gripe, a médica infectologista da clínica Vacina Express, Carolina de Oliveira Abraão, aproveita a ocasião e fala da importância dessa vacina e de outras indispensáveis para todos.

Carolina de Oliveira Abraão alerta, primeiramente, sobre a importância da conscientização em se imunizar. “É indispensável que haja consciência de ficar protegido contra doenças imunizáveis, afinal não é só a sua saúde que está em risco, mas as dos seus próximos também”, destaca. A vacina contra a gripe protege contra os três subtipos do vírus determinados pela OMS para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Além disso, de acordo com o Ministério da Saúde, é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves do vírus. A vacinação está disponível para todos até sexta, dia 09, e após isso se não for encontrada em postos, pode ser adquirida em centros de vacinação.

Outra doença imunizável, o HPV, ou papiloma vírus humano, que é uma das mais importantes na carteira de vacinação das mulheres, a médica avisa que é importante a imunização de homens também, além de crianças, adolescentes e jovens adultos entre 9 e 26 anos que sejam portadores do HIV. “Além de prevenir a infecção pelo vírus HPV, a vacina também ajuda a proteger de diversos tipos de câncer, como o de colo de útero, nas mulheres, e o de pênis, nos homens”, explica a infectologista.

Ainda de acordo com a médica, as vacinas para bebês – Hepatites, Pólio, Rotavírus, Meningocócicas, SCR (sarampo, caxumba e rubéola), Varicela e DTP (difteria, tétano e coqueluche) – jamais devem ser esquecidas. “Todas os responsáveis por recém-nascidos devem ampará-los vacinando-os contra estas doenças. É uma forma de poder oferecer um futuro mais saudável para os pequenos, além de ajudar no combate contra vírus até a sua possível erradicação”, concluí Carolina.

 

Alertas

O médico e proprietário da clínica Vacina Express, Dr. José Israel Sanchez, informa que as vacinas precisam de cuidados especiais para que imunizem com eficácia. Para garantir a segurança e validade, elas devem ser armazenadas a uma temperatura entre 2º e 8º C, conforme instruções do fabricante e normatização do Ministério da Saúde. De acordo com o Dr. “é de primordial importância que o espaço e câmaras frias sejam adequados para que garantir a eficácia das vacinas”, alerta.

O centro de vacinas, Vacina Express é o primeiro do tipo em Aparecida de Goiânia, e o único da região que possui equipamentos de última geração como a câmara de conservação portátil que pode transportar até 500 vacinas de cada vez, para atender quem não puder se deslocar. As câmaras frias que ficam na clínica também são as mais modernas e funcionam por até 72 horas, em caso de faltas de energia extremas, e possuem um sistema que avisa por telefone caso algum problema de temperatura seja identificado.

 

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar