Mercado

Mobilidade urbana: Cabify e Easy unem forças na América Latina

Fonte - Pequenas Empresas & Grandes Negócios
23/06/17 16:35
187

Holding foi criada para agrupar as duas empresas e expandir serviços; grupo levantou US$ 100 milhões em nova rodada de investimentos

Os aplicativos de transporte Cabify e Easy deram um novo passo na briga pelo mercado de mobilidade urbana: as duas empresas decidiram unir forças na América Latina. De acordo com comunicado enviado, uma holding foi criada para agrupar as duas empresas, que seguem operando de forma independente e com lideranças e estratégias diferentes.

Dennis Wang, cofundador e presidente executivo da Easy, e Ricardo Weder, que assume a operação global da Cabify, agora respondem ao presidente executivo da holding, o cofundador do Cabify, Juan de Antonio.

As duas empresas querem expandir seus serviços na região – apesar de ser espanhol, o Cabify tem hoje no Brasil seu principal mercado. Segundo apurou o Estado, é possível que a operação tenha envolvido a aquisição da Easy pela Cabify, mas as empresas não confirmam a transação. Já houve rumores no mercado que, nos últimos meses, Easy e 99 negociavam uma fusão. Contudo, a 99 teria oferecido um valor abaixo da expectativa da Easy e, por isso, as negociações com a Cabify engataram.

No comunicado, a holding afirma que levantou US$ 100 milhões como parte de uma rodada de investimento que será concluída nos próximos meses. A expectativa, segundo a Bloomberg, é de que a holding levante US$ 300 milhões nos próximos meses – destes, US$ 100 milhões já foram captados pela empresa em maio deste ano.

Desde sua fundação, o Cabify já levantou US$ 243 milhões desde sua fundação, em dezembro de 2011. No começo de abril, o Estado revelou que a startup pretende investir US$ 200 milhões no Brasil nos próximos anos. Já a Easy levantou US$ 77 milhões em sua história – a última rodada foi em fevereiro de 2016.

"Assim como na indústria automotiva, onde você tem Hyundai e Kia, Nissan, Renault e Mitsubishi com alianças estratégicas, mas operando diferentes negócios, esta é a nossa visão atual para a aliança da Easy com a Cabify. Percebemos que nossas visões de melhorar a mobilidade nos mercados onde operamos são muito semelhantes e, por meio dessa aliança, estamos ansiosos para continuar a tornar essa visão realidade em todos os nossos mercados ", disse, por meio de nota, Juan de Antonio, presidente executivo da holding.

A parceria acontece em um momento crítico do mercado de aplicativos de transporte no Brasil e na América Latina: enquanto o Uber passa por uma reestruturação global, a 99 recebeu mais de US$ 200 milhões em aportes de empresas como a Didi Chuxing, "o Uber chinês", e a japonesa Softbank.

Nos últimos meses, 99 e Cabify têm feito guerras de descontos para passageiros e incentivos para motoristas em busca de se tornar um competidor à altura do Uber no mercado nacional. Com os investimentos, a 99 ganhou fôlego para sair na frente. Agora, com a parceria entre Cabify e Easy, as duas startups podem voltar ao mesmo nível de competição.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar