Carreira

Salário no momento da contratação varia 53% de acordo com o estado

Fonte - Agência O Globo
26/06/17 15:11
600

São Paulo lidera ranking, com remuneração inicial de R$ 1.687,29

A diferença entre salários oferecidos pelas empresas no momento da contratação varia até 53%, de acordo com o estado. São Paulo é o líder do ranking.

A maior economia do País tem salário médio de admissão de R$ 1.687,29, segundo os dados referentes a maio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que monitora apenas as vagas com carteira de trabalho assinada. O Rio aparece na segunda colocação, com remuneração inicial média de R$ 1.554,91, enquanto o Piauí tem o pior salário inicial do País: R$ 1.100,90, em maio.

 

A tendência de alta dos salários, observada nacionalmente, é confirmada na maioria dos estados brasileiros. Em maio, na comparação com igual mês do ano passado, só foi registrada perda real (quando os aumentos não são suficientes para compensar a inflação) em três unidades da federação: Pará (-0,12%), Sergipe (-0,31%) e Maranhão (-1,81%). O maior salto ocorreu no Maranhão, que teve alta real de 9,09%, para R$ 1.239,06. No Rio, a variação real foi abaixo da média nacional: alta de 1,54%.

Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás

O pilar de atuação da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg) é a defesa incondicional do empresariado e dos princípios de organização e união para vencer os novos desafios em um mundo globalizado e competitivo. A história empresarial de Goiás é a própria história de lutas e conquistas da Acieg, iniciada em 1937. Com uma trajetória gloriosa, a Entidade está voltada para o presente e o futuro do nosso Estado.

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar