Estilo de Vida

Síndrome do Medo das Férias: como superar?

Fonte - Administradores
28/06/17 10:30
170

Talvez você sofra desse mal e nem perceba

Não, não é uma doença catalogada, com reconhecimento pelas organizações de saúde. Mas, na prática, sabemos que existe e acomete muita gente. Quantos profissionais não abrem mão das férias ou, quando resolvem gozar benefício, ficam tensos como medo de se prejudicarem?

Estamos quase no mês de julho, conhecido no Brasil como o mês das férias, e muitos profissionais aproveitam para descansar, viajando com os filhos ou sozinhos. Esse momento gera expectativas, mas também medo e insegurança, por diversos motivos.

Segundo o especialista em coaching Jaques Grinberg Costa, os principais são:

  • Receio de que alguém assuma o seu lugar no trabalho;
  • O chefe pode encontrar falhas nas atividades desenvolvidas durante sua ausência;
  • Despesas extras com passeios, viagens e compras podem prejudicar o orçamento;
  • Pendências no trabalho que não foram finalizadas até o início das férias;
  • Com a crise e falta de dinheiro, há o receio de sair de férias e não aproveitar o período de descanso como se espera, com viagens e diversão.

Pelas regras atuais, as férias são um direito dos funcionários brasileiros e obrigatórias de acordo com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), com no máximo 30 e no mínimo 20 dias. O período é determinado pelo empregador, mas geralmente é feito acordo entre os dois lados. “Se as férias são um direito e obrigatórias, temos que aproveitá-las ao máximo”, considera Jaques Grinberg Costa.

Para curtir a época sem estresse, ele dá dicas de atividades para cumprir e não se preocupar neste período:

  • Confie em você, no seu potencial como profissional. Se durante o ano você fez o seu trabalho, foi proativo e cumpriu as metas, não precisa preocupar-se;
     
  • As férias devem ser planejadas, principalmente as despesas financeiras. As viagens costumam ser mais baratas quando compradas com antecedência. Faça viagens dentro das suas condições. Se o sonho estiver muito mais alto, comece a economizar agora para realizá-lo nas próximas férias;
     
  • Você irá receber um adiantamento e um acréscimo de 1/3 do seu salário. O adiantamento deve ser guardado, ele será descontado no seu próximo salário;
     
  • Você já sabe quando irá sair de férias com uma certa antecedência. Faça um planejamento e não deixe pendências. Sabe aquele orçamento solicitado ou job pendente? Finalize-o. O que depender de terceiros, avise os envolvidos no projeto que você estará ausente por um tempo e que a sua parte já está finalizada;
     
  • Aproveite as férias ao lado de pessoas de quem você goste. É um momento para descansar e evitar conflitos. Escolher as companhias faz parte do planejamento;
     
  • A falta de planejamento é, muitas vezes, o vilão das férias. Pense nelas como um job e aproveite para descansar. Quando retornar, terá muito trabalho!

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar