Estilo de Vida

Goiânia terá 171 cruzamentos fiscalizados por videomonitoramento

Fonte - Jornal O Hoje
30/06/17 10:10
417

Trabalho de instalação de câmeras de monitoramento já esta em fase final. Região do Parque Vaca Brava deve ser a primeira a receber a fiscalização por meio de vídeo

A Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) irá, a partir de julho, iniciar uma campanha educativa de fiscalização por videomonitoramento. O primeiro local de Goiânia, escolhido para a fiscalização será a região do Parque Vaca Brava.

No local, algumas placas já sinalizam a fiscalização. Ao todo são 10 câmeras no entorno da região. Em toda a capital serão 171 cruzamentos que contarão com a fiscalização implantada.

De acordo com uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), “a fiscalização de trânsito mediante sistema de videomonitoramento somente poderá ser realizada nas vias que estejam devidamente sinalizadas para esse fim”. Segundo a SMT, na região do Parque Vaca Brava a sinalização já esta em faze final de adequação. As placas, por exemplo, já haviam sido colocadas.

Em entrevista ao jornal O Hoje, o secretário interino da SMT, Luis Fernando Santana informou que o processo de instalação das câmeras já esta em fase final. “Na semana que vem revitalizaremos e implantaremos faixas, além de cartazes e comunicados a população da região. Todo esse trabalho para que a população tenha ciência do monitoramento. A partir do momento que o projeto estiver implantado teremos maior segurança”, disse.

Monitoramento

Antes da aplicação das multas, o período educativo deverá ser de mais uma semana. “Considerando que já havia placas nessa região, sinalizando a função das câmeras”, justificou Fernando. Em seguida, sem datas estipuladas pela pasta, o Corredor Universitário, entre a Rua 10 e a Avenida Universitária deverão ser os próximos locais em que a fiscalização será aplicada.

Atualmente, as câmeras de videomonitoramento já são utilizadas pela Guarda Civil Metropolitanas (GCM), para fiscalizar crimes contra o patrimônio. Já a fiscalização por parte da SMT competirá apenas às infrações de trânsito. Segundo a pasta, a equipe já esta passando por treinamentos para iniciar o novo modelo de fiscalização, em Goiânia, na finalidade de aumentar a segurança no trânsito.

Serão aplicadas multas, por exemplo, para os condutores que falarem ao celular e pilotar uma moto sem o uso do capacete. A legislação também permite que toda infração que seja visualizada pelo videomonitoramento seja passível da aplicação da autuação.

Ampliação

No Corredor Universitário, segundo local onde se iniciará o monitoramento, outras 10 câmeras serão montadas por dois agentes da SMT. “Os dois profissionais, conseguirão monitorar tranquilamente. É claro, que à medida que ampliarmos as áreas, aumentaremos o número de agentes nessa fiscalização”, explicou Fernando.

Futuramente, o videomonitoramento, por parte da SMT, poderá se expandir, para a fiscalização em câmeras privadas. “Em Nova York tem isso e elas são integradas. Independente de serem privadas ou públicas, as câmeras pode ser integrada em um único sistema”, considerou o atual secretario da pasta.

Atualmente as câmeras que serão utilizadas pela SMT são de uma parceria, entre Prefeitura de Goiânia e a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSPAP).

Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Esqueceu sua senha?
Cadastro Login
Acesse com sua rede social
ou
Um e-mail de confirmação chegará em sua caixa de entrada
Cadastrar Login
Cadastrar