17ª Reunião de Diretoria é realizada na Acieg

O diretor e CEO da Saga Malls, Fernando Maia, falou sobre negócios e sucessão familiar do grupo

Publicado por Acieg em 01 de outubro de 2021

Na última quinta-feira (30), membros da 45º Diretoria da Acieg se reuniram para mais um encontro do balanço mensal da entidade. Foram apresentadas todas as ações realizadas no mês, e foram abordados temas como a Copa Aciex Games, que se encerra nesta semana, a participação da entidade no Programa Unidos pela Vacina, e foi prestada uma homenagem ao ex-presidente da entidade que faleceu neste mês, Íris de Andrade.

A reunião aconteceu de maneira híbrida, com presença de alguns diretores de forma presencial e outros remotamente.  O presidente da Acieg, Rubens Fileti, pontuou que a reunião do mês de Setembro foi a última realizada neste formato, e que as próximas serão presenciais. “Isso nos aproxima, conecta e possibilita nos encontrarmos após tanto tempo. Esses momentos são muitos ricos, têm muita troca”, afirmou.

Grupo Saga

A reunião contou com a presença do diretor e CEO da Saga Malls, Fernando Maia, que falou sobre sucessão empresarial e negócios. A empresa atua nos segmentos de varejo de automóveis e shoppings e atualmente está presente em cinco estados ( Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Maranhão, Rondônia e Mato Grosso).

Maia falou de como é formado o conselho cultivo da empresa e como se deu sua história até hoje, em que a terceira geração da família está se preparando para liderar os negócios.

“A primeira geração, a do meu pai (Toninho Maia), construiu e solidificou a empresa, enquanto a segunda trouxe uma nova visão, buscando aumentar o leque de negócios e portfólio de produtos. A terceira já nasceu digital e tem uma mentalidade completamente diferente”, afirmou Maia.

No total, o Grupo Saga conta com 73 concessionarias no Brasil, e é o terceiro maior grupo do País.  “Nosso foco são as pessoas, é assim desde a nossa origem . Hoje contamos com mais de 4 mil pessoas trabalhando conosco, e cada uma delas é priorizada por nós”.

Sobre os negócios, Fernando disse que até o momento já foram 15% de crescimento na venda de veículos novos em relação ao ano passado. “A falta de produtos levou ao aumento dos preços e devido à pandemia de coronavírus toda a parte tecnológica dos carros, que é produzida na Ásia, ficou comprometida. Isso atrapalhou todo o setor”, concluiu.

Para finalizar, o empresário falou também do outro segmento que o Grupo atua, o de shoppings. “Nosso objetivo é centralizar o máximo de conveniências para os nossos clientes, por isso nossos shoppings contam com mercados, bancos e centro de lazer gratuito”. Como conhecemos bem o público da região central do Brasil investimos com segurança na região.