45° diretoria da Acieg se reúne para anunciar novidades e fazer balanço mensal

O prefeito Rogério Cruz participou do encontro e respondeu perguntas de empresários e diretores da entidade

Publicado por Acieg em 30 de abril de 2021

Os membros da 45° diretoria da Acieg se reuniram na última quinta-feira (29), de forma online, para discutir e apresentar o balanço do mês de Abril. Além dos diretores da entidade,o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, participou da reunião. 

Entre as pautas internas discutidas estava o Projeto Todos por Elas, Empresas Contra o Feminicídio, uma plataforma educacional que será lançada em maio. O projeto visa o combate a todas as formas de violência contra a mulher através da fomentação do debate em ambiente de trabalho. A proposta é fruto de uma parceria com a Unialfa e a agência Quântico.

Outro ponto levantado durante o encontro foi o anúncio da finalização do Aciex, uma fintech criada com intuito de ser um banco online que disponibiliza linhas de crédito, contas correntes e entre outros benefícios a serem divulgados previamente pela Acieg.  

Durante o balanço mensal, foi anunciado ainda o lançamento de um curso preparatório para os CEOs, previsto para junho. O workshop será dividido em dois módulos e visa dar formação de gestão a líderes que buscam novas formas de gerenciar negócios pós período pandêmico. 

Poder público

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, esteve na reunião respondendo dúvidas e demandas dos principais empresários e representantes do setor produtivo goiano. Foi questionado sobre a necessidade de aproveitar espaços do município para estruturação de indústrias de alta tecnologia e a continuação de obras públicas para que a Goiania  se encaixe no modelo de uma ‘cidade inteligente’. 

Cruz abriu a roda de perguntas e respostas falando sobre a necessidade de tirar “o projeto diretor do papel” e a necessidade contínua de melhorar e aprofundar a parceria entre o público e o privado (PPP). 

O presidente da Organização das Cooperativas de Goiás (OCG), Luís Alberto Pereira, destacou a importância do sistema cooperativista, destacando que “o sistema gera e mantém empregos e renda.” 

Luís recomendou ao prefeito um trabalho conjunto pela formação de uma cooperativa destinada às costureiras, por exemplo, das que atuam no complexo da 44, pólo que vende a maioria das roupas produzidas em Goiânia. 

Outras questões discutidas ao longo da reunião com o poder público municipal foram a inauguração parcial da porção norte do BRT Norte-Sul, que está prevista para 24 de outubro, aniversário da cidade de Goiânia, com 13 km de via a serem entregues. Ele também reiterou o trabalho que a prefeitura está dedicando para o retorno das obras paralisadas pela falta de matérias primas.