Concurso do IBGE: Três estados têm mais vagas que inscritos

São Paulo, Paraná e Santa Catarina são locais que preocupam órgão de pesquisa para o Censo de 2022

Publicado por Acieg em 07 de janeiro de 2022

Em meio à preocupação com a baixa adesão, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem reforçado a campanha para a inscrição no concurso público para agentes e coordenadores censitários. Os estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina são os que mais preocupam, com mais vagas que inscritos para cargo de recenseador.

Ao todo, cerca de 60 mil vagas foram disponibilizadas nos estados, mas pouco mais de 50 mil pessoas se inscreveram. Em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro a diferença entre inscritos e vagas está bem apertado.

O IBGE abriu mais de 260 mil vagas para a realização do Censo 2022. Desses, 183 mil são para recenseador e 23,8 mil para agentes censitários. Por ter número de vagas menor, o cargo de agente acaba por ter mais inscritos.

Até o momento, 667 mil candidatos se inscreveram para o concurso em todo o Brasil. O número, no entanto, é bem abaixo dos 800 mil previstos pelo instituto.

Como se inscrever no concurso do IBGE

O IBGE prorrogou as inscrições para o concurso que vai selecionar candidatos para trabalharem no Censo 2022. Agora, é possível se candidatar a uma das vagas até as 16h (horário de Brasília) do dia 21 de janeiro.

O processo seletivo é realizado pela FGV, e o edital completo pode ser encontrado  aqui.

Os interessados podem se inscrever pelo site https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 . A taxa de inscrição para o posto de recenseador é de R$ 57,50 e para os outros dois cargos é de R$ 60,50.

As provas para agente censitário municipal e agente censitário supervisor serão aplicadas no dia 27 de março. Os candidatos para essas funções farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 de Ética no Serviço Público, 15 de Noções de Administração/Situações Gerenciais e 20 de Conhecimentos Técnicos.

Já os candidatos a recenseador serão selecionados por uma prova objetiva, que acontecerá no mesmo dia, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa e Matemática, 5 sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos.

As provas terão duração de 3 horas e 30 minutos. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte a aplicação das provas, no site da FGV. O resultado está previsto para 6 de maio.

Fonte: iG Online

Foto: Agência Brasil/Reprodução