FEE se manifesta contra projeto que dá novas funções à Guarda Civil Metropolitana

Publicado por Acieg em 30 de maio de 2022

Desde o primeiro momento, a Acieg se pronunciou contra a aprovação de trecho do Projeto de Lei Complementar (PLC) 06/2022 e introduzir o debate do assunto junto ao FEE.

 

O Fórum de Entidades Empresariais do Estado de Goiás (FEE) se manifesta contra a aprovação de trecho do Projeto de Lei Complementar (PLC) 06/2022, pela Câmara Municipal de Goiânia, que dá novas funções para a Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Desde o primeiro momento, a Acieg se pronunciou contra a aprovação de trecho do Projeto de Lei Complementar (PLC) 06/2022 e introduzir o debate do assunto junto ao FEE. O presidente da Acieg, Rubens Fileti, destacou a problemática da aprovação para os empresários:

“Não existe uma falta de competências e funções para a GCM em Goiânia. Ao contrário, pensamos que mesmo se a GCM dedicar 100% do seu tempo para atender às demandas pela Segurança Pública da capital, ainda será insuficiente, já que a demanda de Goiânia só aumenta. Nossa sociedade precisa refletir sobre este empoderamento e o papel do guarda municipal, com permissões que juridicamente não se sustentam”, destaca Rubens Fileti.

Incluídas na forma de Jabuti e aprovadas pela Câmara de Goiânia, as mudanças permitem que a GCM fiscalize diversas áreas, incluindo meio ambiente, saúde e edificações.  Diversos empresários de Goiânia entraram em contato com as entidades que fazem parte do FEE.

As entidades pretendem ir à justiça contra a ampliação das atribuições da GCM se a lei for sancionada pelo prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicamos). Ou promulgada pela própria Câmara em caso de derrubada eventual veto do prefeito.

O documento do FEE também colocou as entidades à disposição para discutir projetos que façam da cidade de Goiânia como referência na atração de investimentos, emprego e renda e sempre alertar a distorções que impactem negativamente esse progresso da nossa capital Goiânia.

 

Foto: Mais Goiás

Informações para a imprensa: Rhaissa/ Ascom Acieg: 6299512-3378