Morre ex-presidente da Acieg, Íris Andrade da Silva

Ele esteve à frente da entidade entre os anos de 1991 e 1993

Publicado por Acieg em 18 de setembro de 2021

O ex-presidente da Acieg, Iris Andrade da Silva, 75 anos, faleceu em decorrência de covid-19, na madrugada deste sábado (18). O velório acontecerá a partir de 12h e o sepultamento está previsto para às 16h, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

Iris presidiu a entidade entre os anos de 1991 e 1993. Nascido na cidade de Carmo do Paranaíba (MG), a história de suas atividades classistas e associativas inclui uma ampla experiencia em diretorias, vice-presidências e presidências, especialmente no segmento automobilístico.

Dentro da Acieg, ocupou importantes cargos, sendo diretor, conselheiro, vice-presidente e presidente. Durante a sua gestão, lutou pela criação do Imposto sobre Transações Financeiras (ITI) do Imposto Único e intermediou a negociação de projetos bilaterais de comércio e serviços entre o governo do Estado e países como a Tunísia, Argentina, Coreia do Sul e Polônia.

Entre 1978 e 1983, foi diretor da Associação Goiana de Empresários de Autopeças (AGEAP), assumindo sua presidência no biênio de 1983-85. Foi vice-presidente da Federação Goiana de Automobilismo. Atuou entre os anos de 1983 a 1989 como membro fundador e diretor do Sindicato de Auto Peças (SIPEVE).

No campo da política classista, apoiou, juntamente com a Faceg, a criação do Conselho Nacional das Associações Comerciais (CONASC). Criou, com o apoio do governo do Estado, o diploma especial Empresa Destaque, destinado ao reconhecimento das empresas que, mesmo em momentos de crise econômico-financeira conseguiram manter a produção e empregos. Na área filantrópica, colaborou com a campanha ‘Adote um leito’, cujo objetivo era angariai recursos para a manutenção do Hospital Araújo Jorge.