Semana de Conciliação de Dívidas iniciou nessa segunda com objetivo de reduzir número de CNPJ´S negativados

Publicado por Comunicação em 30 de agosto de 2022

Durante a semana, serão realizados atendimentos aos que desejam quitar dívidas, buscar crédito e empregos.

Por: Ascom Acieg

Iniciou, nessa segunda-feira (29), a Semana da Conciliação de Dívidas, que ocorre até o próximo dia 2 de agosto, na sede da Acieg. Serão disponibilizados atendimentos a empresas que desejam colocar sua vida financeira nos eixos ou adquirir créditos/empréstimos. Para pessoas físicas, será realizado atendimento de vagas de empregos, dentre eles vagas destinadas às Pessoas Com Deficiência (PCD). O evento que tem formato de negociação é promovido pela Acieg em parceria com a Secretaria da Retomada do Governo de Goiás.

Durante coletiva de imprensa realizada na Acieg, nessa segunda-feira (29), o presidente da Acieg, Rubens Fileti, destacou que todos os empresários que possuem CNPJ: proprietários de micro, médias e grandes empresas poderão buscar a instituição para conciliar dívidas: “o foco maior é naquele empresário que está sofrendo algum tipo de dor referente a dívidas vencidas ou a vencer e sem mão de obra, seja ela qualificada ou de PCD’s”.

Rubens também destacou o bom momento para retomada: “essa é uma forma de fazermos com que essa economia deslanche em Goiás, que está bem aquecida, principalmente para o final do ano em que temos datas importantes como a Black Friday e o natal. É o momento do empresário reforçar os estoques, contratar mão-de-obra temporária. E com o nome e CNPJ bloqueados órgãos de proteção de crédito é um pouco mais difícil que os empresários alcancem a retomada”.

Crédito e vagas para PCD´s

Além de microempreendedores individuais e micro e pequenas empresas poderem negociar suas dívidas, também poderão contar com a disponibilização dos serviços do Mais Crédito e Mais Empregos e atendimento da Câmara de Mediação e Arbitragem da Acieg (CAM).

Durante a Semana, o Programa Mais Empregos estará disponibilizando vagas de empregos, dentre elas vagas destinadas às Pessoas Com Deficiência (PCD). O objetivo é incentivar o aumento da inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, conquistando autonomia e qualidade de vida.

O Sebrae Goiás também marca presença no evento, por meio da oferta do serviço de consultoria para micro e pequenos empresários. O diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos Lima Neto, reafirmou a importância das capacitações e consultorias: “acreditamos que possamos com essa ação dar oportunidades das MPE´s se fortalecerem e alcançarem um cenário de boas expectativas para o segundo semestre. Temos diversas ações, atendimentos e consultorias para avaliar a situação e desafios das empresas para ter condições de se realinhar”.

O secretário da Retomada, César Moura, comentou durante a coletiva que o objetivo das ações do governo estadual é auxiliar os microempreendedores a reorganizarem suas dívidas, de modo que consigam pagá-las. “Desde 2020, estamos fazendo esse trabalho em parceria com a Acieg e, de lá para cá, conseguimos resgatar empresários e empregos, e já são 3.200 empresas salvas”, declara.

Descontos nas dívidas

O presidente da Acieg também enfatizou os bons resultados de edições anteriores da Semana de Conciliação: “temos casos da primeira edição de até 5% e também casos de até 99% de desconto nas dívidas. E qual é a nossa parte nisso tudo? É que a Acieg conversa com todos, seja micro, pequeno, médio e grande, então pegamos todo mundo desse universo credor/devedor e fazemos essa interlocução. Então, às vezes, nós forçamos na mediação para que se tenha mais desconto. Em outros casos não conseguimos chegar no desconto necessário, mas a gente acaba sempre fazendo um bom acordo”, finalizou o presidente.

Número de inadimplentes cresce há seis anos em Goiás

Goiás possui em torno de 670 mil empresas, dentre elas microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. No primeiro quadrimestre de 2022 registrou a abertura de mais de 1,3 milhão de empresas no país.

Por seis meses seguidos, o volume de endividados cresce em Goiás. Na comparação com o período pré-pandemia, em janeiro de 2019, são quase 30 mil pessoas a mais com o nome negativado. Ao todo, são 2.230 milhões ou 41,08% dos goianos, com o nome sujo. Em média, cada goiano deve cerca de R$ 4,3 mil, que no montante total equivale a uma dívida de R$ 9,6 bilhões.

São parceiros da Semana de Conciliação: Secretaria da Retomada; Cartório de Protestos, Goiás Fomento; Garanti Goiás; Enel, Saneago e Sebrae Goiás.

 

Semana da Conciliação de Dívidas
🗓️ Data: Segunda-feira (de 29 de agosto a 2 de setembro)
📍Local: Acieg
🕥 Horário: das 8h às 17h
🚩 Endereço: R. 14, 50 – St. Oeste
Informações gerais: 62996367861/ 62998114032
Informações para imprensa: Rhaissa/Ascom Acieg: 62996570995